Wednesday, October 04, 2006

Texto 29
Vamos ao trabalho!
E só há uma maneira de fazê-lo:
direito, bem feito


O primeiro contato do Teatro José de Alencar com o Força Titânica Ceará foi feito por e-mail. O teatro promoveria uma homenagem aos Titãs e queria a ajuda do fã- clube. Claro, que os fãs se prontificaram em ajuda — e mais, ajudaram a produzir. Samara, Marianny e Marúsia coletaram os materiais que já tinham e foram em busca de outros. Entraram também em contato com o escritório da banda para ver com o que eles poderiam contribuir. Enfim, foram duas semanas de telefonemas e encontros com Valéria, funcionária do teatro, para por as idéias em ação. Tudo para que saísse uma homenagem digna de um titã.
O grande momento ocorreu no dia 16 de Julho de 2004. Levaram todo o acervo que possuíam e os que conseguiram durante a empreitada, organizaram um mural e um estande. A mostra de materiais contava com todos os CDs dos Titãs e também com os álbuns solos de cada. Reportagens antigas, intermediárias e recentes. Várias fotos tiradas pelo fã-clube durante shows em Fortaleza, além de fotos diversas de todos os momentos da trajetória da banda. Pôsteres, livros, cartazes com a história...Enfim, a exposição estava bem completa.
Antes do show de uma banda, que tocaria Titãs, óbvio, houve o sorteio do CD Como Estão Vocês?. Uma espécie de apresentador/ator fazia as pessoas cantarem músicas dos Titãs para poder ganhá-lo. Só que, por um lapso do ator, ele acabou dando o CD para uma garota que cantou uma música dos Paralamas (?!) mesmo sob o protesto de boa parte do público presente e, principalmente, do Força. O show de Rinaldo Lasalvia e banda, cantor contratado pelo teatro, deixou a desejar, principalmente por alguns detalhes que não passaram em branco pelos ouvidos titanicamente afinados. Mas nada que a animação daqueles fãs e a do restante do público não contornasse. Até mesmo quando Rinaldo cantou: “Onçinha pintada, zebrinha listrada, ursinho (sic) peludo”. Fato é que o teatro errou ao contratar esse cantor, já que a proposta dele é, em vários pontos, diferentes da do Titãs, os estilos não batiam e isso não facilitou as coisas.
Porém, para Sam, Mary e Marúsia foi gratificante ver as pessoas se aproximarem e olharem interessadas. Fazendo perguntas, contando histórias, comentando, etc. Sensação de trabalho cumprido. Não foi tudo aquilo que esperavam, mas valeu por divulgar o trabalho da banda, e levar um pouco mais de Titãs para aquelas pessoas presentes por lá.

“Vamos ao trabalho! E só há uma maneira de fazê-lo, direito, bem feito” – Vamos Ao Trabalho (A Melhor Banda De Todos Os Tempos da Última Semana – 2001)

0 Palavras:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home